O Budismo e os seus ensinamentos

“Os ensinamentos do Buda só podem nos levar até uma parte do caminho. Podem ensinar o rumo certo, mas o importante é vislumbrar aquilo para onde apontam, a iluminação em si. Nós, seres humanos, muitas vezes nos comportamos como crianças; estamos mais interessados no dedo que aponta do que naquilo que ele mostra. É fácil manifestar mais preocupação com as idéias ou os rituais religiosos do que com a experiência religiosa que é objeto dessas idéias e desses rituais. Aqui o método de “apontar diretamente” pode ajudar a obter uma compreensão espontânea da realidade, uma percepção sem restrições, que não precisa de palavras”.

[BUDISMO. Fragmento do livro “O Livro das Religiões”, de Jostein Gaarder e colaboradores, CIA das Letras – 2001, 7ª reimpressão]

Andreone Teles Medrado
Devaneios Filosóficos

#VocêJáParouParaPensar?

FONTE  da imagem: http://cdn2.collective-evolution.com